CTB: Como funciona o teste do etilômetro?


O teste do etilômetro ou do bafômetro é aplicado para verificar se há alguma concentração de álcool no organismo do motorista no processo de fiscalização de trânsito. Esse teste pode ser realizado a partir do ar soprado pelo motorista no equipamento do bafômetro.


O ar é exalado a partir dos pulmões que pode receber parte da presença do álcool, sendo assim o bafômetro consegue detectar a presença do álcool no organismo.


É um exame prático e seguro que não exige a coleta do sangue do condutor e pode ser realizado em qualquer horário em via pública. A seguir falaremos mais sobre a lei desse tipo de exame e sua utilidade.


O teste do etilômetro e a legislação

A Lei Seca é uma das principais iniciativas no Brasil que visam reduzir o número de acidentes, de risco de acidentes e de infrações causadas pelo fato do motorista conduzir alcoolizado.


Considerando a Lei nº 11.705/2008, que estabelece a Lei Seca, qualquer presença de álcool no organismo do condutor pode gerar multa e, em casos graves, a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).


Outras abordagens

Antes mesmo da Lei Seca surgir e se tornar popular, o equipamento do bafômetro já era utilizado em processos de fiscalização.


Em certos casos, a ingestão de álcool, mesmo em pequena quantidade por meio de bebidas alcoólicas ou balas pode acusar uma taxa de presença de álcool no teste do bafômetro.


Como funciona o teste?

O teste visa identificar o nível de concentração de álcool etílico no organismo do motorista, o equipamento apresenta bocal descartável que deve ser trocado a cada medição. Na região do bocal, o motorista precisa soprar o ar para a área interna do aparelho por poucos segundos. O ar percorrer o tubo e atinge a área de eletrodos do equipamento.


Caso haja a presença de álcool no ar, será gerada uma química de oxidação que posteriormente cria uma corrente elétrica, ligado à célula de combustível interno do equipamento. Esse processo poderá indicar o nível de álcool presente em cada condutor e, em certos casos, qual maior a corrente alcoólica, maios será o nível de embriaguez.


No equipamento, o microprocessador consegue traduzir o nível de concentração alcoólica gerando o resultado na tela do equipamento.


O que é?

O teste do bafômetro é também referido através do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) no Anexo I que refere o equipamento como aparelho destinado à medição do teor alcoólico no ar alveolar.

Esse ar alveolar é definido como “ar expirado pela boca de um indivíduo, originários dos alvéolos pulmonares”, como consta na legislação. É um teste que oferece a capacidade de verificação da concentração de álcool, e na aplicação do teste o motorista deve baforar o aparelho.


Conclusão

É importante realizar o teste e, mais importante, evitar beber bebida alcoólica antes de pegar no volante. A velha frase publicitária “Se beber, não dirija”, é válida para evitar acidentes e, principalmente, a perda dos reflexos do condutor.


9 visualizações0 comentário